terça-feira, 15 de março de 2011

Métodos Alisantes para o Cabelo – Saiba quais os mais famosos


Uma das tendências para os cabelos é o alisamento, mas antes de faze-lo é preciso ter cuidado com os fios e protege-los ao máximo para evitar danos irreversiveis. . Os métodos alisantes realizam o sonho da maioria das mulheres que querem ter o cabelo liso. As técnicas de alisamento são variadas e beneficiam aquelas mulheres que tem cabelos crespos e cacheados e querem se livrar das chapinhas e da escova. E como os métodos são variados, é sempre indicado procurar um bom profissional que vai identificar o tipo de cabelo de cada pessoa para só depois começar o processo de alisamento. O método pode demorar as vezes meses para fazer efeito, tudo depende da técnica utilizada. Há métodos alisantes rápidos e métodos mais gradativos, ou seja que só alisa os fios após várias sessões.
O problema do alisamento está em não se tomar os devidos cuidados. O alisamento feito em lugares não confiáveis pode deixar o cabelo quebradiço e ressecado, além de causar danos por vezes irreparáveis. Outro fator que pode estragar o cabelo é submetê-lo a vários processos de alisamentos seguidos. Isso acontece porque o alisamento faz com que a queratina se perca, e assim o cabelo não consegue se regenerar.
É por isso mesmo que é preciso saber antes qual o melhor tipo de alisamento para cada tipo de cabelo e também se irá resultar no que a pessoa deseja. Como existem várias técnicas, o segredo é procurar por aquela que combina melhor  o e maior resultado. Uma dica para manter o cabelo sadio depois das químicas do alisamento é seguir a risca os cuidados que se deve ter no dia a dia. Os alisamentos mais usados atualmente são o tradicional, o relaxamento e o recondicionamento térmico também conhecido como chapinha japonesa.
Qualquer um desses três procedimentos faz uso de aplicações de produtos químicos, escovas e pentes diversos, além de secadores e chapinhas.
A técnica conhecida como chapinha japonesa combina dois procedimentos diferentes, a química e a mecânica. É considerada a mais famosa técnica e a que deu melhores resultados. O método foi desenvolvido pelo japonês Satoru Nagata. De tão famosa que a chapinha japonesa se tornou, acabou virando o método mais barato e o mais procurado pelas mulheres que sonham em se livrar dos cachos. Mas, apesar de todas essas vantagens, nem esse, nem nenhum outro método de alisamento é permanente, ou seja, a mulher precisa refazer o processo de tempos em tempos.
Geralmente é necessário refazer o alisamento no momento em que o cabelo começa a crescer e os fios encaracolados começam a reaparecer na raiz com força total. Mas, antes de pensar em refazer o alisamento, lembre-se que há maneiras corretas e produtos específicos para cuidar dos cabelos após o alisamento.
O alisamento mais comum é a escova, utiliza a escova para esticar os fios e depois  utiliza a chapinha  para dar acabamento. Esse é o processo de alisamento mais barato, sem qualquer produto químico e é o que menos dura. A cada nova lavagem dos fios é necessário repetir a técnica.
Outro alisamento, feito com o uso de químicas dura mais, porém exige muito mais cuidados. Os componentes químicos, são à base de hidróxido de sódio ou tioglicolato de amônia, e precisam ser aplicados com precisão para não danificar os fios. Depois do alisamento químico feito, não se pode molhar os fios durante três dias ou um pouco mais.
Agora, para quem quer apenas diminuir o volume dos fios e dar mais movimento aos cachos, não precisa se desfazer deles. Basta optar por um  relaxamento; é igual ao processo do tratamento químico, mas se usam menos produtos. O que muda é que, no relaxamento o tempo de ação dos produtos é a metade do que o de um alisamento.
O método do relaxamento é o que menos agride os fios e o que menos necessita de cuidados após ser aplicado. Geralmente recomenda-se que se retoque o relaxamento a cada 45 ou 60 dias, mas apenas na raiz para que o resto dos fios não resseque.
Saiba também que algumas marcas de produtos destinados a relaxamento ou alisamento dos cabelos também possuem uma linha própria de tratamento dos cabelos para uso após o procedimento químico. Há shampoos, condicionadores, máscaras e outros itens que podem ajudar a manter seus cabelos cuidados e protegidos.

Atualmente há muitos métodos de alisamento estão famosos, dentre eles destacamos:

- Escova de diamante: Brilho e naturalidade é a promessa deste processo de alisamento, a formula dos produtos utilizados contém folículos de cristais sintéticos que se fixam aos fios refletindo a luz, daí origina-se o alto brilho. Processo de aplicação é rápido e o preço varia de R$ 500,00 a R$ 1.200,00;
- Escova orgânica: Não alisa totalmente os fios, apenas doma os cachos. Processó rápido e o preço varia de R$ 220,00 a R$ 350,00;
- Escova de maçã: Rico em vitaminas e sais minerais o extrato de maçã aliado a um poderoso extra-emoliente derivado do amido de milho,  promete deixar os fios mais lisos e menos volumosos, porem só dura cerca de 20 dias e o preço varia de R$ 200,00 a R$ 350,00.
- Escova de morango: Os produtos utilizados neste processo contém seiva de morango, queratina, vitamina C, proteínas da seda, li´pidios e minerais que revigoram os fios. O processo de aplicação é demorado e o preço varia de R$ 450,00 a R$ 1.200,00;
- Escova alemã: É um alisamento sútil, a base de queratina serve apenas para deixar o cabelo com ondas mais leve. O processo é geralmente rápido, o custo varia de R$ 300,00 a R$ 1.000,00;
- Escova de leite: Indicada apenas para cabelos cacheados leves, pois não alida cabelos demasiadamente crespos. É uma escova gradativa, e o tempo de aplicaçlão é médio. O preço varia de  R$ 450,00 a R$ 1.000,00;
- Escova semi-definitiva: Indicada pra cabelos crespos, encaracolados e volumosos. O processo de aplicação é bem demorado e o preço varia de R$ 600,00 a R$ 1.800,00;
- Escova de chocolate: Não deve ser feita em cabelos loiros pois os produtos utilizados irão escurecer os fios, e o efeito produzido deixa seus cabelos com aspecto ‘escorrido. O processo de execução não é longo, e o custo varia de R$ 400,00 a R$ 1.000,00;
- Escova Luz Azulada: Pode ser feita em qualquer tipo de cabelo desde que ainda não tenha sido feito anteriormente nenhum processo de alisamento com guanidina e hidroxido de sódio. O tempo de aplicação é bem demroado. O preço varia de R$ 1.000,00 a 1.800,00;
- Alisamento Avlon: Só pode ser feito em cabelos ‘virgens’ ou seja que nunca tenha sido tingido, e que nunca tenha passado por qualquer tipo de processo quimico anteriormente.Método ultra rápico e considerado o mais barato de todos, porém não tão eficiente no quesito beleza e saúde dos fios. O preço varia de R$ 150,00 a R$ 250,00;

Cuidados ao fazer o alisamento:

1– Jamais faça um alisamento em sua casa, os danos podem ser desastrosos;
2- Nunca exceda o tempo recomendado de aplicação do produto;
3- Sempre respeite o tempo entre uma aplicação e outra para que os fios não ressequem, quebrem ou até mesmo caiam mais do que o normal;
4- Nunca alise o cabelo depois de ter feito tintura ou aplicado tonalizante. O excesso de química pode danificar permanentemente os fios.
5- Sempre faça uma prova antes de começar o alisamento, assim pode-se saber se aquele tipo de química irá ou não danificar o cabelo ou se a pessoa é sensível a qualquer um deles;
6- Sempre vá fazer o alisamento sem antes ter lavado os fios, a oleosidade protege os fios dos produtos químicos.
7- Uma hidratação a cada 15 dias faz com que os cabelos fiquem hidratados e não sofram as ações das químicas usadas.
8- Siga corretamente as orientações do cabeleireiro para que tudo corra bem após o processo químico;
9- Utilize os produtos da marca indicada pelo seu cabeleireiro, ele sabe o que é compátivel e o que não causará danos aos seus cabelos;
10- O que deu certo no cabelo da sua amiga pode não dar certo no seu cabelo por isso nada de usar produtos indicados por terceiros;

Google+ Followers

Designer: ♥♥neusa http://templatesneusa.blogspot.com.br/